domingo, 2 de setembro de 2018

Ano do Laicato - Acolhida do Ícone


Esse ano, em que celebramos o Ano do Laicato, nossa Igreja procura animar a todos nós batizados a assumir nossa missão de verdadeiros cristãos, qual seja, viver o seguimento de Jesus na família, na comunidade, no trabalho profissional, na sociedade civil, colaborando na construção de uma sociedade justa, solidária e pacífica, que seja sinal do Reino de Deus, anunciado por Jesus Cristo.
É responsabilidade de todos nós, cristãos, fazer com que a palavra de Deus que partilhamos a cada celebração se propague no mundo, principalmente nas áreas de nossa sociedade que, infelizmente, parecem desassociadas do testemunho de Cristo, tais como a Política, a Economia, os meios de comunicação de massa, a educação, a cultura e a ciência.
O Ano do Laicato é dedicado a nós cristãos leigos, para que estejamos cientes da importância de nossa atuação para que as transformações sociais que almejamos realmente aconteçam. O cristão leigo deve VER, JULGAR e AGIR: VER, estar atento à realidade;  JULGAR, avaliar se as estruturas sociais estão de acordo com a doutrina da Igreja, com o projeto de Deus; e AGIR,  ter uma ação transformadora.
Se estamos insatisfeitos com as estruturas sociais que se apresentam, precisamos, então, atuar de forma mais efetiva
Para uma atuação efetiva, precisamos vencer em nós mesmos a alienação, a acomodação e a indiferença. Além disso, não podemos ser amadores, precisamos estar preparados, organizados, e acima de tudo, precisamos ser maduros na fé, servir aos irmãos e permanecer no seguimento de Jesus, na escuta obediente à inspiração do Espírito Santo e ter coragem, criatividade e ousadia para dar testemunho de Cristo.
Se estamos preocupados com a situação atual de nosso país, devido à crescente violência, injustiça, corrupção, precisamos ser igreja onde a Palavra de Deus não chega, precisamos promover a reflexão sobre esses temas para que prevaleça a consciência Cristã. 
Como a missão do cristão leigo está atrelada à realidade social, é evidente que nossa atuação não se encerra com o fechamento do Ano do Laicato; a missão é contínua, requer dedicação, empenho e, sobretudo, entusiasmo, pois somos chamados a ser testemunhas do amor de Jesus.
Enfim, que ao final deste período de reflexão, estejamos mais conscientes de nossa missão; que tudo façamos para a glória de Deus, salvação do mundo e bem todos, e permaneçamos fiéis ao compromisso da caridade, da evangelização, da celebração e da fé.Equipe do Laicato - Núcleo Paroquial da Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Cocaia.

sábado, 25 de agosto de 2018

Amor ao próximo é comunismo?


AMOR AO PRÓXIMO É COMUNISMO?



 Primeira constatação: O Povo Brasileiro é muito religioso. Cada segunda rua tem nome de santo. Em cada esquina ouvimos aleluias. Jogadores entram em campo com o sinal da cruz. E o nosso linguajar invoca Deus a cada instante: Meu Deus! Graças a Deus! Por Amor de Deus! Deus te Abençoe! Deus é grande! Deus no Comando! Portanto, não falta religião no Brasil e  nem falta fé em Deus.

 Segunda constatação: Todos e todas concordamos que a Fé em Deus tem uma consequência ética. Para cristãos e cristãs, a consequência ética máxima da fé em Deus é o AMOR AO PRÓXIMO. “Amarás o Senhor teu Deus …. e o teu próximo como a ti mesmo”. Quem é membro de uma comunidade cristã conhece esse Grande Mandamento (Mateus 22.36-40) e com ele concorda.
Penso que não há dúvidas em relação a essas duas constatações: 1) Cremos em Deus. 2) Queremos praticar o amor ao próximo. Mas, eis que surge a GRANDE PERGUNTA: Por que essa sociedade tão religiosa e tão cristã não consegue influenciar sua prática política com o amor ao próximo que enaltece como consequência ética máxima da sua fé? Por que a sociedade brasileira, depois de 500 anos de religiosidade intensa, continua dividida em centro e periferia, em “bairros nobres” e favelas, em luxo e lixo, em desperdício e carência, em pessoas privilegiadas e pessoas excluídas? Por que continua sendo uma das sociedades mais injustas do mundo? PIOR: Como explicar que qualquer projeto de INTERMEDIAÇÃO POLÍTICA DO AMOR AO PRÓXIMO é logo apontado raivosamente como coisa de COMUNISTAS?
Quando o Rio Grande do Sul contava com 70% de analfabetos, e Brizola mandou erguer milhares de pequenas escolas primárias, por amor às crianças analfabetas, ele logo foi insultado como comunista, especialmente pelas pessoas piedosas e “fortes na fé”. Quando João Goulart queria fazer as Reformas de Base, com o fim de melhorar a vida de milhões de brasileiros/as, ele foi derrubado com um golpe e teve de fugir, apontado como comunista. E muitos cristãos aplaudiram o golpe.

O Projeto Mais Médicos (uma prática de amor que beneficia 50.000.000 de pessoas), é apontado como coisa de comunistas.
Uma Reforma Agrária, com acesso à terra para famílias pobres (antes expulsas do campo, aos milhões, através da concentração das terras), é odiada como coisa de comunistas.
Matar em média dez jovens negros, todas as noites, isso pode! “Bem feito. Vagabundos. Bandido bom é bandido morto. A culpa é deles” – dizem muitas cristãs e muitos cristãos.
Intermediar o amor ao próximo, na forma de cotas, para jovens negros, excluídos durante séculos, para que encontrem finalmente uma chance de vida? “Nunca! Coisa de comunistas” – dizem pessoas que invocam Deus e pregam o amor!
Crianças que morrem de fome? “A culpa é dos pais! São pobres porque não tem fé” – proclamam cristãos, especialmente os bem piedosos.


Matar um milhão de indígenas a cada século, sem nunca parar, até os dias de hoje, em disputa pelas terras? (Coisa normal, graças a deus, deus no comando, em nome de deus, deus sabe o que faz, deus te abençoe, o amor é que vale, o amor é tudo, deus é fiel). Devolver aos indígenas um milésimo das terras que lhes foram roubadas, para que possam viver? Jamais! Coisa de comunistas! O fato de 6 famílias possuírem riqueza igual a 50% da população parece não irritar muita gente. Mas qualquer projeto de socializar as fantásticas riquezas da natureza brasileira é vista como coisa condenável, coisa de comunistas.
Eu não vou concluir que nós cristãs e cristãos somos pessoas especialmente más. Não! Não somos nem melhores e nem piores que outras pessoas. Queremos praticar a nossa fé e viver a ética do amor ao próximo. Há muitos exemplos elogiáveis de amor e solidariedade, de pessoa para pessoa, de indivíduo para indivíduo, de apoio a instituições filantrópicas. O problema começa quando se trata de  INTERMEDIAR O AMOR ATRAVÉS DA POLÍTICA. É aí que a porca torce o rabo e a vaca vai pro brejo, com corda e tudo. É aí que tudo se confunde e o ódio toma conta.
Onde está o problema? O problema é nossa resistência a duas análises: 1) Não queremos analisar e compreender a realidade social em que vivemos. 2) Não queremos analisar o perfil do Partido Político em que votamos. Não me refiro às promessas dos candidatos que sempre prometem trabalhar para os pobres. Refiro-me ao perfil dos seus PARTIDOS.
Preferimos dividir as pessoas em boas e más, colocar-nos no lado dos bons, condenar os pobres e classificar de comunistas quem faz projetos políticos para integrá-los. Mas só conhecendo o partido, e qual a classe social que representa, qual o modelo político que quer implantar, somente então saberemos como melhor viver nossa fé na nossa prática política e como viver a ética cristã do amor ao próximo dentro da nossa realidade. Só faz boa colheita o colono que conhece sua roça. Só conseguiremos praticar a INTERMEDIAÇÃO POLÍTICA DO AMOR quando conhecemos a história do nosso País, a realidade social em que vivemos, a classe social que cada partido representa e o programa de governo que vai implantar.
Então, sim, poderemos engajar-nos na prática de um amor ao próximo corajoso, amplo, transformador, com resultados sociais positivos e que melhora a qualidade de vida das pessoas que foram empurradas para a margem. Caso contrário perigamos pregar amor mas praticar desamor, com a melhor das intenções. E seremos cristãos piedosos, mas seremos maus cidadãos. Já dizia minha mãe: “Quem não conhece o lugar onde bota os pés vai derrubar com a bunda o que tenta construir com as mãos”. Que grande sabedoria! Quando nos negamos estudar a realidade social em que vivemos; quando nos negamos estudar o perfil dos partidos políticos que votamos, podemos tornar-nos cruéis negadores da fé que proclamamos; podemos tornar-nos violentos destruidores do amor que tanto exaltamos. Além disso, podemos tornar-nos ridículos, porque denunciaremos como comunistas aqueles que realizam corajosamente o que nós pregamos, mas que não queremos realizar. Não porque somos maus, não porque cremos pouco, não por falta de fé e de religião, não porque não queremos amar, mas porque não fazemos análise da realidade em que vivemos.

Repasso: Post do Pastor Sílvio Meincke!

Silvio foi pastor da IECLB em Santa Catarina e São Leopoldo. Hoje mora na Alemanha.
*Boa reflexão para o Domingo!!!*. Boa reflexão para o Brasil Cristão... em ano de eleições!!!. (Fonte: CEBI)

quinta-feira, 17 de maio de 2018

ENCONTRO DE NAMORADOS - Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Cocaia

Vem ai o ENCONTRO DE NAMORADOS!!!

A Pastoral Familiar está esperando por vocês, que estiveram conosco no ano passado, e vocês que ainda não fizeram essa experiência!!!
Estamos preparando tudo com muito carinho.


domingo, 13 de agosto de 2017

SEMANA NACIONAL DA FAMILIA

 Nesta Semana da Familia a Igreja propoe um desafio as familias. 

Hoje os celulares, as televisões e os afazeres ocupam um espaço muito grande em nossas familias. 

Propoe uma semana diferente onde substitua estas atividades que por vezes atrapalha o dialogo, o estar junto, do jantar em familia. 

Convidamos todos a participarem desta semana e partilharem esta esperiencia. 

Topa!!! 


Vamos Juntos!! 


Abaixo Sugerimos uma relação de atividades para este desafio. 

Que Deus nos ilumine nosso caminho de familia, dom de Deus, sacramento, sinal de amor.

Convite mais pessoas para o desafio. Espalhe esta ideia. 





domingo, 23 de julho de 2017

Ação Social - Paróquia N.S.Aparecida - Cocaia

Neste Final de Semana, dia 29 e 30 de Julho a Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Cocaia estará realizando a 5ª Ação Social - (DIA 29 DE JULHO) e a Celebração para os Enfermos e Idosos. (DIA 30 DE JULHO).

É um momento importante para exercitarmos nossa cidadania e contribuir para uma sociedade mais justa e humana.

Você pode participar doando sangue, ajudando nas diversas atividades, ajudando a levar os enfermos e idosos, ou simplesmente participando.

Vamos ter orientações para fazer currículos, orientação sobre empregabilidade, palestras com o SEBRAE, apresentação de trabalhos.

VAMOS PARTICIPAR.





CELEBRAÇÃO DOS ENFERMOS E IDOSOS

Celebrar a vida, o carinho de cada um no cuidado com o idoso e enformo, celebrar a ação de Deus em nossa vida e pedir forças e esperanças no caminhar de nossa vida, vamos todos juntos participar.

Se você tem um enformo ou um idoso procure a comunidade mais próxima para ajudar a levar e ter mais esclarecimentos e se tiver disponibilidade de veiculo para ajudar no transporte venha nos ajudar.

Deus seja louvado.  Esta celebração vai acontecer dia 30 de julho as 15:00 na Matriz Cocaia.





terça-feira, 11 de julho de 2017

Grupo de Oração - ROSA MISTICA

Junto com a RCC o Grupo de Oração Rosa Mística está em Festa!

Venha comemorar conosco o aniversário de 29 anos de graça do grupo de oração Rosa Mística. 

Te esperamos dia 17/07/2017 a partir das 19:30 para a missa de ação de graças. 


Venha e traga a sua família e amigos! Será um prazer celebrarmos juntos. 
"Com Cristo servimos ao Senhor com alegria" 








Texto de Leandro - Assessor do "Grupos e Movimentos" do EPA - Equipe Paroquial de Apoio - Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Cocaia.

 

sábado, 3 de junho de 2017

Oração para o dia de Pentecostes - Nas Famílias









Convidamos a todas as famílias para um momento de comunhão com toda a Paróquia.

No dia 04 de junho às 19h, reúna todos da sua casa e convide vizinhos, permita Deus entrar na sua casa, na sua vida e ali fazer morada. Ele quer derramar sobre vocês muitos dons. Seja feliz e acolha toda generosidade e a coragem que somente o Espírito Santo de Deus pode nos oferecer.

1. MANTRA: A nós descei Divina Luz, a nós descei Divina Luz.



Em nossas almas acendei o amor, o amor de Jesus! (2x)

2. ABERTURA

- Verdadeiramente ressurgiu Jesus, (bis)

Cantemos aleluia! Resplandece a luz! (bis)

- Festejemos todos com muita alegria, (bis)

Pois a luz do Divino brilhou neste dia! (bis)

- Onde está o Espírito reina liberdade,

Por ele conduzidos vamos à verdade

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis)

Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito.

- Aleluia, irmãs, aleluia irmãos! (bis)

Ao Deus que nos consola nossa louvação! (bis)

3. HINO

Estaremos aqui reunidos como estavam em Jerusalém

Pois só quando vivemos unidos, é que o Espírito Santo nos vem

Ninguém para esse vento passando, ninguém vê, e ele sopra onde quer

Força igual têm o Espírito quando, faz a Igreja de Cristo crescer.

Feita de homens a Igreja é divina, pois o Espírito Santo a conduz

Como um fogo que aquece e ilumina, que é pureza, que é vida, que é luz

4. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA,

ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA...

Vinde, Espírito Divino, e enchei com vossos dons os corações dos fiéis; e acendei neles o amor como um fogo abrasador!

5. EVANGELHO (Mt 28,16-20)

O Senhor esteja convosco

Ele está no meio de nós

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

Glória a vós Senhor

Naquele tempo os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram. Então Jesus aproximou-se e falou: Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias, até ao fim do mundo.

Palavra da Salvação. Glória a vós Senhor!

6. PRECES

Tendo recebido o Espírito de filhos, entreguemos ao Pai, com afeto filial, as nossas preces, dizendo:

Renova, Senhor, a face da terra!

1 - Ilumina e conduze os que estão dispersos, depressivos e sem orientação.

2- Consola os que estão tristes, dá força aos pobres e desempregados na sua luta pela vida plena.

3 - Derrama sobre todos os doentes e sobre nossas Igrejas a força renovadora do teu Espírito, para que, na unidade nos dediquemos ao teu serviço.



Preces espontâneas...

- Dá, ó Senhor, às Igrejas cristãs, a unidade visível.

Que nós sejamos um para que o mundo creia.

7. PAI NOSSO

8. ABRAÇO DA PAZ

9. BÊNÇÃO:

- O Deus que derramou em nossos corações o Espírito do seu Filho nos encha de alegria e consolação, agora e para sempre. Amém!

- Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

Para sempre seja louvado!


sábado, 20 de maio de 2017


TEMOS UM COMPROMISSO PARA OS DIAS DE  28/05  a  04/06/2017

 

XIII SEMANA DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS SÃO JOÃO PAULO II

 


Realizada nos anos anteriores a partir da Comunidade São Judas Tadeu, Apóstolo e Mártir e agora, a partir da Matriz, com a participação de todas as comunidades da paróquia, nas festas da Ascensão e Pentecostes teremos, além de celebrar esses dois momentos especiais da nossa fé, o compromisso de avaliar e crescer na comunicação, ferramenta decisiva para a evangelização.

Na oportunidade seremos convidados a aprofundar o envio do Senhor Jesus: (Ide e anunciai (comunicai) a todos); a carta anual sobre as comunicações enviada pelo Papa Francisco; o uso das ferramentas trazidas pela evolução tecnológica e a comunicação dos dons pelo Espírito do Pai e do Filho, este encontro será realizado pelo Padre Marcos Vinicius, assessor diocesano da Pastoral da Comunicação – PASCOM. (dia 30 de maio)

A PASCOM paroquial, através de seu coordenador, Claudio, fará a oficina das comunicações com motivações para fotos, matérias, e outros, buscando aprimorar nossa comunicação. (dia 01 de Junho).

Invocando a intercessão da Virgem da Comunicação para uma comunicação na defesa da vida celebraremos também, durante a Semana das Comunicações, a Semana de orações pela unidade dos cristãos.

          Não deixe de aproveitar esse especial momento para crescer no uso dos meios e na boa comunicação.




NOTA: O título da semana leva o nome do saudoso São João Paulo II, por ter sido iniciada logo após a sua morte e, em homenagem ao grande comunicador que ele foi incentivando a evangelização pelos meios modernos de comunicação.






Texto:Clovis Domingues

sábado, 15 de abril de 2017

Terço dos Homens - Cocaia

O Terço dos Homens convida as famílias a este momento de espiritualidade em nossa paróquia! 
Será um momento de oração, partilha da vida e integração paroquial.
Você é convidado a estar conosco!!  



sábado, 8 de abril de 2017

Tarde da Misericórdia


Em clima de festa pelo Jubileu de Ouro da Renovação Carismática Católica, os grupos de oração da Paróquia Nossa Senhora Aparecida do Cocaia convidam a comunidade para a tarde de louvor que acontecerá na ocasião em que nossa igreja celebra o dia da Misericórdia por inspiração de Santa Faustina. 

Teremos dentro do carisma da RCC, louvor, partilha da palavra, oração de efusão e adoração ao santíssimo. 

Esperamos por vocês!

Organização e realização:
Grupos de Oração
São José I (Grupo matriz)
Rosa Mística (Capela São José)

RCC - 50 anos - Jubileu de Ouro


domingo, 5 de março de 2017

Encontro Forania - COMIDI


Encontro do COMIDI - Forania Aparecida 


No dia 17/02/2017, aconteceu uma reunião destinada ao CFP da Forania Aparecida, contando com representante das paróquias das foranias, do Bispo e do COMIDI.
 O encontro se iniciou com uma acolhida maravilhosa contando com mesa de frutas e bolos.
Após, invocamos a Santíssima Trindade e o fizemos a oração de invocação do Espírito Santo. Posteriormente, partilhamos o Evangelho de Lucas 10, 1-12; fizemos algumas preces e rezamos um Pai Nosso e uma Ave Maria.


O tema do encontro foi: FORMAÇÃO MISSIONÁRIA – IMPLANTAÇÃO DO COMIPA – Conselho Missionário Paroquial.


1ª Urgência: IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO, isto é, a igreja é missionária por natureza (MC 16, 15)

Assim, falou-se um pouco da missão para dentro e fora da paróquia; sobre o que consiste o COMIPA; do porquê de criá-lo; quem o compõe; sobre o motivo de sua existência; de como articulá-lo; e sobre como o COMIPA deve atuar.
Terminando a abordagem com a seguinte frase – MISSÕES: Amor e Sacrifício



Posteriormente, foi proposta uma dinâmica, onde a nossa Paróquia articulou o trabalho juntamente com a Paróquia São João Batista.
Nessa dinâmica deveríamos refletir sobre quais são os desafios, dentro e fora da paróquia, ou seja, sobre o quê precisa ser feito; quais são as dificuldades, dentro e fora da paróquia, isto é, o que me impede de realizar a missão; e o quê já esta sendo feito.
                                              



Após, partilhamos o quanto refletido, sendo que, relativamente a Nossa Paróquia destacamos algumas ações que já estão sendo realizadas e que vão de encontro com a 1 urgência, como a criação do EPA, a existência do Ministério da Visitação, dos grupos de base, do terço dos homens, RICA, da realização do ABC da Comunidade e do fechamento do ano paroquial com a divisão das pastorais em blocos e análise SWOT, o que implicou em uma visão mais ampla do que e como podemos fazer nossa paróquia crescer ainda mais e atingir as urgências da igreja.No dia 17/02/2017, aconteceu uma reunião destinada ao CFP da Forania Aparecida, contando com representante das paróquias das foranias, do Bispo e do COMIDI.


Os encaminhamentos deste encontro foram tratados no Conselho Pastoral Paroquial em 04/03/2017 em nossa paróquia e convocados as pastorais para uma reunião dia 31 de março as 19:30 na Matriz Cocaia para tratar do COMIPA e já trabalhar para a missão da Capela Matriz em abril. 


Texto e participação:  Carol coordenadora ministério da Visitação. 



  

domingo, 1 de janeiro de 2017

Mensagem Padre Jair e Padre Valdocir

Queridos irmãos e irmãs,
povo de Deus da Paróquia N S Aparecida Cocaia!
Chegando ao final deste ano,
olhando a nossa caminhada pastoral,
temos três palavrinhas pra vocês:
Obrigado muito obrigado…
Agradecemos a Deus por VOCÊ
que está conosco nas missas, celebrações, reuniões, encontros,
momentos de oração, confraternizações, festas,
e tantas outras atividades de nossa paróquia
VOCÊ que acredita no chamado de Deus,
e caminha conosco respondendo a esse chamado.
VOCÊ é importante nesta caminhada. 
Sem você, nosso trabalho pastoral não teria sentido

No início do ano havia horizontes,
e agora no fim do ano
chegamos num novo ponto de partida, novos horizontes
Algumas coisas ficaram de lado na caminhada,
mas não podemos perder nosso foco:
seguir Jesus, imitando o exemplo de Maria
Muitas coisas estão mudando, na sociedade e na igreja…
mas o que não muda é nosso compromisso
de ser discípulos e missionários,
respondendo ao chamado de Deus
Nas pequenas coisas,
Deus foi nos moldando,
e nos surpreendendo durante essa caminhada
Estamos dando passos importantes no ABC da Evangelização:

A de ACOLHIDA: conquistar pelo testemunho
B de BOA-NOVA: cativar no contato com a Palavra de Deus
C de CARIDADE: partilhar com o mundo o que vivemos na comunidade

Peço que VOCÊ 
ajude a construir conosco um novo rosto de Igreja:
mais aberta, cativante e missionária
Este Ano Novo que começa será um Ano Mariano,
comemorando 300 anos
da manifestação de Nossa Senhora em Aparecida
Que continuemos a partilhar a Caridade, nos cativar pela boa nova, conquistar pelo testemunho!
Grande abraço e Feliz ano novo!!!
Pe Jair e Pe Valdocir

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

OFICINAS DE FÉRIAS – JANEIRO 2017

Na Escola Diocesana de Musica


Rua Mandaguari, 88 – Bom Clima (ao lado da Capela São José)

WORK SHOW  de Guitarras e violões
Dia 20 de Janeiro/2016 das 19 às 22:00
Professor: Wagner Santos e Banda

conteúdos teóricos e práticos
Investimento: 30,00


OFICINA DE ÁUDIO:
DE 23 a 27 DE JANEIRO DAS 19:30 às 22:00
Professor: Marcelo M. Silva
    Audio In plug Estúdio

  • Aprender termos técnicos do áudio
  • Conhecer as funções de uma mesa de som,
  • Entender a função do técnico de som
  • Aprender os cuidados que se deve ter com os equipamentos
conteúdos teóricos e práticos
Investimento: 80,00
incluindo material e certificado de participação

v  Não é necessário ter conhecimentos anteriores


OFICINA DE PERCUSSÃO
De 23 a 27  de Janeiro das 19:30 às 22:00
Com Professor: Edmilson Maia

·         Aprender a tocar ritmos brasileiros:
  Aprender a fazer instrumentos de percussão
·         Aprender a afinar bateria

conteúdos teóricos e práticos
Investimento: 80,00
Incluindo material e certificado de participação

v  Não é necessário ter conhecimentos anteriores

OFICINA DE SALMOS:
De 16 a 20 de Janeiro das 19:30 às 22:00
Professores: Euri Ferreira
     Padre Jair Oliveira Costa
     Caetana Cecilia

·         salmos e cânticos Bíblicos na história do Povo de Deus 
·         Entender os salmos na experiência de Cristo
·         O Salmo na vida e na liturgia
·         O que são melodias responsoriais
·         Análise de melodias de salmos em várias formas
·         Como cantar os salmos – posturas, espiritualidade e interpretações.

Os conteúdos serão teóricos e práticos
Investimento: 80,00
Incluindo material e certificado de participação

v  Não é necessário ter conhecimentos anteriores



                     INSCRIÇÕES
As fichas de inscrição serão disponibilizadas nas paróquias e o valor investido deve ser deve ser pago no ato da inscrição.


Se não conseguir falar na paróquia envie sua intenção para o  Email:  caetanacecilia@hotmail.com

domingo, 11 de dezembro de 2016

O I Café Teólogico  da Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Cocaia- abordou a temática Desafios e Esperanças para uma Igreja em Saída a partir da relação entre Teologia e Literatura.

O vigário Padre Valdocir deu as boas -vindas e parabenizou a iniciativa.
Padre Frizzo da diocese de Guarulhos, destacou a importância da presença de leigos nas reflexões da Igreja e especialmente da Teologia, indicou que para falar da eclesiologia de Papa Francisco precisamos voltar ao Concílio Vaticano II. Francisco não inventa um novo modo de pensar a igreja. Após 50 anos Francisco atualiza as grandes bases do Concílio: igreja povo de Deus, cristocêntrica e centralidade da Palavra de Deus. Acrescenta ainda dois novos elementos: defesa dos pobres e cuidado com o planeta. Diferente do papa João Paulo II que viajou o mundo mas não foi compreendido, 
Francisco fala e testemunha, pensa no pobre e vive pobre. Pede diálogo e já realizou três grandes encontros com movimentos populares. Alertou para a importância da alegria do anuncio do evangelho, numa igreja caminhante, hospital de campanha. Simples com os simples. Aos bispos e padres tstemunho com o evangelho. O cuidado com a terra, a mais pobres entre os pobres. Em Guarulhos, desde 1991, com a Escola Diocesana o laicato é destaque. Música, política, teologia, escola da palavra certificam que nos próximos anos a presença dos leigos e leigas será contundente e frutuosa.
 
A teóloga e agente de pastoral da nossa Paróquia, Celia Soares de Sousa, apresentou a dissertação do Mestrado em Teologia e Literatura que tratou a relação entre Teologia e a poesia de Murilo Mendes.(1901-1975)  Poeta mineiro, que após sua conversão ao cristianismo, escreveu poemas que retratavam a importância de um catolicismo mais voltado para a intimidade com Deus e o serviço aos pobres e necessitados.

O Seminarista Marcos Alves, tratou da Teologia Mistica e a relação com a personagem Mafalda. Afirma que é necessário “materializar a experiência mística”, ou seja, tornar prática a mística profética e ter sensibilidade pastoral, para isso é essencial mergulhar no nosso interior para buscar Deus.
O desenvolvimento integral do ser humano foi o tema principal da reflexão do professor de Filosofia Anderson Gonçalves Nascimento. Sua pesquisa que foi desenvolvida a partir do autor Jacques Maritain, nos mostrou a importância da relação entre Teologia e Literatura fantástica, mais conhecida como história em quadrinhos e cinema.

Podemos concluir que a Teologia em relação com outros saberes, não deixa de ser Teologia, assim como a Literatura não deixa de ser Literatura, porém o encontro de ambas contribui para reafirmar a necessidade de comunicar ao humano o que divino existe em si.

O pároco Padre Jair, enfatizou a beleza de ver a Teologia retornando para as bases das nossas comunidades, isto porque, disse ele: “No inicio a Teologia era assunto das comunidades, depois de um tempo ficou mais centrada na Academia, e um evento como este devolve a Teologia para a comunidade”.
 
Assembleia Paroquial - novembro 2016

No dia 26 de novembro de 2016 os coordenadores de todas as pastorais da Paróquia se reuniram para avaliar a caminhada e planejar as ações para 2017.
Um momento muito rico de partilha e de construção. As pastorais já vinham se encontrando em seus blocos pastorais para avaliar seus pontos fortes, fracos, as ameaças e as oportunidades pastorais em um exercício muito gostoso e proveitoso para conhecimento e partilha pastoral.
O encontro ocorreu durante todo o dia onde a parte da manhã os blocos pastorais se encontraram e planejaram ações comuns tendo sempre como orientação a nossa Identidade Pastoral (ABC – Acolhida, Boa Nova e Caridade). Depois houve uma interação entre os blocos.
Depois de um delicioso almoço foi o momento de apresentar o planejamento do bloco já com a interação dos demais. Ao final um momento de oração e envio.
O próximo passo será, a partir deste rico material e partilha, montar o calendário paroquial e caminhar pela direção apontada e construída por todos. Que Maria, no ano dedicada a Ela, possa estar sempre a nossa frente para que o que foi plantado em nossa Assembleia possa dar muitos frutos.  Ouçamos Maria que como na “bodas de Canaã” nos dias “façam tudo o que Ele vos disser.